fbpx
PUBLICIDADE

Família de idosa processa Anitta, Henri Castelli comenta agressões sofridas

Tony Auad
Foto: Divulgação
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Confira os bastidores da televisão brasileira com Tony Auad

Hoje início a minha coluna comentando o caso de Justiça que envolve a cantora Anitta e a Netflix em uma acusação de Maria Ilza de Azevedo Silva.

A senhora de 72 anos, que aparece no seriado “Anitta Made In Honório” quer que esse episódio seja tirado do ar imediatamente por medida judicial.

A família da idosa alega que ela ficou constrangida por ter sido tratada como invasora. Em entrevista a uma emissora de TV, a filha de Maria Ilza disse que tomará todas as providências.

Ela falou ainda que a mãe não assinou nenhuma liberação para usarem a sua imagem, pois ela nem sabia que estava sendo filmada e a produção do seriado usou de má-fé.

Diante disso, o processo é contra a cantora Anitta, a Netflix e a Filmes Produtora. Na ação, os familiares confirmam a exigência que a participação da matriarca seja tirada do ar.

A reclamação da família da idosa é que a participação dela sem sua autorização lhe trouxe muitos problemas, além de um grande constrangimento.

Por meio de nota, os advogados de Anitta informaram que a cantora ainda não foi notificada pela Justiça sobre o caso, porém providências já estão sendo tomadas.

O ator Henri Castelli, que atualmente vive o personagem Cassiano, na reprise da novela das seis “Flor do Caribe”, concedeu uma entrevista ao Fantástico.

Na oportunidade, ele contou sobre a agressão que sofreu no dia 29 de dezembro de 2020, em Barra de São Miguel, em Alagoas. Ele chorou muito na entrevista porque tem medo das sequelas que podem comprometer sua carreira.

Ele apanhou tanto que sofreu uma fratura na mandíbula e que os agressores já foram localizados pela polícia e o inquérito foi aberto. A coluna está investigando e voltará ao assunto.

Frase Final: A Inveja é a arma dos incapacitados.  

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM