PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Estado decide vacinar funcionários do Metrô e da CPTM para evitar greve no setor

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Metrô
Foto: reprodução/Facebook/Metrô

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Funcionários receberam por email, neste sábado (17), a confirmação de que serão imunizados

O governo do Estado de São Paulo decidiu vacinar funcionários do Metrô e da CPTM, de todas as linhas, até mesmo as que foram concedidas à iniciativa privada, para evitar uma greve da categoria, que estava convocada para a próxima terça-feira (20).

De acordo com informações da Folha de São Paulo, os funcionários receberam por email a confirmação de que serão vacinados no dia 11 de maio.

Os trabalhadores do Metrô tinham decidido entrar em greve sanitária no dia 6 deste mês, durante assembleia realizada pelo Sindicato dos Metroviários.

“O governo Doria e a direção do Metrô ignoraram o Plano de Emergência apresentado pelo Sindicato e não vacinaram os metroviários, embora sejam trabalhadores essenciais”, diz texto publicado no site oficial do sindicato.

De acordo com o sindicato, 1,5 mil funcionários do Metrô foram contaminados pela covid-19, dos quais 22 vieram a óbito.

Entre Metrô e CPTM, 9,5 mil pessoas deve ser vacinadas. Funcionários da CPTM também aderiram a uma greve programada para o dia 27, mas, neste caso, a reivindicação principal era o pagamento de uma PPR (Pagamento de Participação dos Resultados).

PUBLICIDADE

Previous
Next

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Error: Embedded data could not be displayed.
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM