fbpx
PUBLICIDADE

Empresas de Guarulhos são alvos de operação contra sonegação fiscal

Foto: Reprodução/TV Globo
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Grupo criminoso simulava a venda de mercadorias inexistentes para a indústria de plástico

Uma operação em conjunto com as policias Civil e Militar e o Ministério Público de São Paulo e Alagoas foi deflagrada, na manhã desta quarta-feira (10), para combater a sonegação de impostos.

A força-tarefa tem como alvo empresas cidade de Guarulhos, Cajamar, Jundiaí, São Bernardo do Campo e na capital paulista, além de cidades alagoanas de Maceió. A Justiça de Alagoas determinou o cumprimento de 18 mandados de busca e apreensão, e colocação de tornozeleira eletrônica.

Segundo a reportagem do G1, o grupo criminoso é investigado por suspeita de abrirem filiais de fachada (que nunca existiram) no estado alagoano para conseguirem lá a isenção do pagamento do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias ou Serviços).

Foram sonegados R$ 76 milhões nos estados de SP e Alagoas, e emitidas mais de 5 mil notas fiscais fraudulentas.

A operação foi batizada de Plástico Quimérico em alusão ao fato de as empresas ligadas à organização criminosa simularem a venda de mercadorias inexistentes para a indústria de plástico.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM