PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

Em pronunciamento, Teich não explica saída do Governo Federal

Foto: José Dias/PR
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

Médico deixa o Ministério da Saúde menos de um mês após assumir o cargo.

Sem dizer as razões pelas quais se demitiu do Ministério da Saúde, o médico Nelson Teich fez um pronunciamento, na tarde desta sexta-feira (15), em Brasília. Ele agradeceu o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pela oportunidade do cargo, mas não citou sua divergência em relação à utilização da cloroquina nos estágios iniciais da covid-19.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Teich assumiu o cargo em 17 de abril, após a demissão do médico e deputado federal Luiz Henrique Mandetta, que se posicionava favorável às quarentenas impostas pelos governadores e prefeitos, além de não indicar a cloroquina nos estágios iniciais da doença.

Nesta semana, Bolsonaro falou publicamente que o Governo Federal deveria mudar o posicionamento, apesar de não haver estudos técnicos que indicassem isso. Teich falou que deixou um plano pronto para governadores e prefeitos entenderem o atual estágio da pandemia e decidir os próximos passos a serem tomados. “Eu não aceitei o covid pelo cargo. Aceitei porque achei que poderia ajudar as pessoas”, afirmou.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE