PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Doria vai liberar microcrédito de R$ 100 milhões para empreendedores negativados

Foto: Governo do Estado de São Paulo
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Programa Retoma SP vai injetar mais de R$ 500 milhões na economia paulista

Empreendedores que estão negativados nos órgãos de crédito poderão regularizar as suas dívidas por intermédio do programa Nome Limpo, do Governo do Estado de São Paulo, que vai liberar R$ 100 milhões em microcrédito. A iniciativa foi anunciada pelo governador João Doria (PSDB), nesta quarta-feira (15), no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista.

Doria antecipou que o programa Retoma SP, que inclui o Nome Limpo, vai ser lançado nesta sexta-feira (17), em Campinas, mas não deu detalhes sobre o acesso ao crédito. Ele reconheceu que muitos empresários passaram por grandes dificuldades econômicas durante a pandemia do coronavírus.

O Estado vai investir também R$ 300 milhões em ações de competitividade, empreendedorismo e qualificação profissional, que ainda serão especificadas.

Outros R$ 100 milhões estão reservados ao programa Bolsa Empreendedor, que destina R$ 1 mil para cada pessoa que se cadastre, se qualifique e regularize os seus negócios. As inscrições vão até 19 de setembro, com prioridade para mulheres, deficientes e negros.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE