fbpx
PUBLICIDADE

Doria recebe primeira dose da vacina contra a covid-19 aplicada pela enfermeira Mônica Calazans

Foto: Reprodução
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Governador de SP, de 63 anos, esteve no posto de saúde em Pinheiros onde tomou a Coronavac

O governador João Doria, de 63 anos, tomou a primeira dose da vacina contra a covid-19, nesta sexta-feira (7), em um posto de saúde de Pinheiros, na zona oeste. 

O imunizante foi aplicado pela enfermeira Mônica Calazans, a primeira brasileira a receber a vacina no país, em 17 de janeiro, data em que a Anvisa aprovou o uso emergencial da Coronavac, produzida pelo Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac. 

Doria publicou um vídeo nas redes sociais em que mostra o momento da vacinação e conta ter pedido para que Mônica aplicasse nele a 1ª dose da Coronavac. 

“Que alegria. Tomei a vacina. Sabe quem me aplicou a vacina? A vacina da vida, a vacina do Butantan, a Coronavac? Ela, Mônica Calazans. Eu pedi, e ela veio. Enfermeira, a primeira brasileira a receber vacina no braço, no dia 17 de janeiro. Estou muito feliz”, disse o governador. 

Doria recebe primeira dose da vacina contra a covid-19 aplicada pela enfermeira Mônica Calazans
Governador João Doria ao lado da enfermeira Mônica Calazans (Foto: Reprodução/Twitter)

Doria aproveitou o momento para ironizar os adversários que o apelidaram de “calça apertada”.

“Olha, tomei a vacina no braço, a calça apertada”, disse. Em seguida, deu risada e exibiu o comprovante de vacinação. 

O governador ainda publicou uma foto aguardando a sua vez na fila do posto de saúde em que está ao lado da mulher, Bia Doria, que também foi vacinada.

Doria recebe primeira dose da vacina contra a covid-19 aplicada pela enfermeira Mônica Calazans
Foto: Reprodução/Twitter

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM