Doria promete “quarentena inteligente” com flexibilização parcial de comércios em junho

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Reprodução/GloboNews

Em Guarulhos, prefeito disse que apresenta esta semana um plano de retomada econômica

Em entrevista ao canal GloboNews na segunda-feira, 25, o governador João Doria (PSDB) afirmou que vai prorrogar a quarentena em junho, mas que pretende adotar um modelo “inteligente”, com a flexibilização e início de uma retomada econômica em locais cujos índices de morte e contaminação não estejam elevados e em crescimento.

“Para ser muito preciso, nós teremos uma nova quarentena. Mas será uma quarentena inteligente, porque levará em consideração toda a regionalização de São Paulo, do interior, da capital e da região metropolitana, do litoral. A decisão não será homogênea. Até agora ela foi homogênea em todo o estado porque ela precisava ser. Agora, nós temos a condição de fazê-la heterogênea, seguindo as orientações do comitê de saúde”, afirmou o governador.

“Áreas e regiões em que possamos nessa quarentena inteligente ter um olhar diferente, nós vamos fazer. Aonde não for possível porque os riscos e índices indicam que não devem, não haverá”, disse Doria”, complementou Doria.

Nesta semana o prefeito Guti (PSD) já havia dito que pretende apresentar um plano de retomada econômica na cidade, mas que seria condicionado a quantidade de vagas em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na cidade e ao índice de mortes e contaminação.

De acordo com o prefeito, não é possível fazer uma flexibilização no cenário atual, com o número de mortes e casos contaminados em ascensão e sem vagas de UTI. Guarulhos já tem de improvisar leitos para atender pacientes com covid-19.

A cidade tem mais de 200 óbitos e mais de 2 mil casos de casos confirmados.

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Comentários...

Veja também...

- PUBLICIDADE -