fbpx
PUBLICIDADE

Documentário sobre projeto de poesia em escola pública de Guarulhos será lançado na sexta-feira

Documentário Escola é Poesia
Foto: Divulgação
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Alunos jovens e adultos da EJA criaram poesias sobre suas histórias

Na próxima sexta-feira (20), a Companhia Bueiro Aberto faz o lançamento de seu mais novo documentário “Escola é poesia”, no canal do coletivo no Youtube. Em meio a um contexto desalentador e diante de inúmeros desafios que a escola pública enfrenta no Brasil, o filme parte de uma provocação: pode a escola encontrar a poesia, o afeto e a paixão pelo aprender e pelo ensinar?

A questão motivou professores e alunos da Escola Estadual João Álvares, no Jardim Tranquilidade, a criar um projeto que buscou relacionar a poesia com a vida dos alunos ao mesmo tempo em que os permitiu exercitar a escrita e a memória.

Foi a partir daí que alunos da EJA (Educação de Jovens e Adultos) criaram poesias sobre suas histórias, um projeto grandioso que envolveu professores e contribuições de diferentes áreas do conhecimento como Português, Filosofia, Sociologia e Artes.

Depois da produção textual, a equipe da Companhia Bueiro Aberto se debruçou sobre as histórias para realizar o documentário, que retrata como foi o projeto, sua concepção e seus desafios. O curta-metragem, escrito e dirigido por Daniel Neves, conta com depoimentos de professores e alunos, e mostra a poética do processo de ensino-aprendizagem.

“Fizemos um documentário que trouxe, além dos depoimentos, fotografias antigas trazidas pelos alunos, que recitaram seus textos e contaram sua trajetória. É um filme que mostra como cada pessoa é um museu pessoal, tanto pelos seus relatos, como pelas fotografias e objetos que guarda”, conta Neves, que também é professor de Filosofia da turma da EJA na unidade escolar.

Muito mais que unir literatura, cinema e pedagogia o projeto objetivou ainda enfatizar a prática de um ensino que tem como ponto central a troca, o aprendizado mútuo entre professores e alunos e a educação como afeto.

“Sempre ouvimos experiências negativas na escola pública, é fato que vivemos um contexto difícil, mas é preciso lembrar que há experiências positivas que podem nos apontar para uma transformação”, observa.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM