PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Dia da Mulher: lingerie é alternativa para presentear

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Divulgação

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

No dia 8 de março é celebrado o Dia Internacional da Mulher. Nesta data tão importante, vale lembrar da luta das mulheres de todo o mundo por liberdade, direitos, igualdade e pelo fim da violência. Apesar de ser um dia no qual se celebram lutas e conquistas, é muito comum que as mulheres sejam presenteadas como forma de homenagem. Não é por acaso que o mercado de itens femininos em geral no Brasil aumenta significativamente próximo a esta data. No ano de 2016, por exemplo, nos segmentos do e-commerce a expectativa de alta das vendas era de até 40%, segundo a Fecomercio-SP. Todavia, o presente mais escolhido são as flores.

Nessa data tão especial, já é conveniente refletir sobre o significado das homenagens feitas às mulheres e mudar certos hábitos já obsoletos. Então, que tal trocar as flores por lingeries? Parando para pensar, uma lingerie é um presente muito mais conveniente às mulheres do que um buquê de rosas. 

Um buquê de flores não é um presente ruim para se dar a uma mulher que se ama. Ele representa bons sentimentos, o carinho de quem presenteia, o respeito e a admiração, quem sabe até mesmo o amor.

Mas em plena segunda década do século 21, as mulheres já não podem mais ser apenas associadas à delicadeza e à beleza de uma rosa ou de uma orquídea. A mulher é muito, muito mais do que isso.

Mesmo que dadas de bom coração, as flores não estão necessariamente em sintonia com o que o dia 8 de março significa para a história recente da humanidade. Equivocadamente, muita gente acha que as mulheres são homenageadas nesta data justamente por conta da suposta ternura, beleza, delicadeza e amor maternal.

Apesar de não haver nada de errado nestas qualidades, o Dia Internacional da Mulher tem muito mais a ver com a luta por autonomia, força e liberdade do que com a fragilidade imposta por uma visão machista de mundo que dá presentes, mas depois às submete a padrões estéticos, remunera com salários piores, entre outros tipos de violência.

Afinal, o mês inteiro de março já presenciou diversos episódios históricos envolvendo a luta das mulheres em todo o planeta. Em 1910, cerca de 15 mil destas mulheres marcharam por melhores condições de trabalho nas indústrias dos Estados Unidos e da Europa.

No ano seguinte, mais de 110 mulheres morreram queimadas em uma fábrica de Nova Iorque, levando a greves e protestos. No fim da década, na Rússia, outras milhares de mulheres marcharam contra a fome e pelo fim da guerra no país. Nos anos 1920, as mulheres americanas lutaram, de maneira bem-sucedida, pelo direito ao voto, que pertencia apenas aos homens.

Diante destes e de tantos outros atos de coragem, heroísmo e bravura protagonizados por mulheres de todo o mundo, a Organização das Nações Unidas (ONU) transformou o dia 8 de março no Dia Internacional da Mulher em 1975, como uma data para se lembrar das lutas femininas, a fim de incentivar ainda mais o esforço pelos direitos das mulheres.

Vale destacar que os exemplos citados não têm o objetivo de criticar quem presenteia mulheres com rosas. Mas hoje, mulheres querem mais do que um buquê de rosas, uma caixa de chocolates, um abraço e uma mensagem de carinho.

Elas querem respeito. Querem ser vistas por igual. Querem viver em paz. Querem ser valorizadas. Querem ser felizes sem ter medo de violência. Querem ser desejadas e amadas independentemente da aparência dos corpos.

A lingerie como presente perfeito

Este é um assunto que tem tudo a ver com a independência e autonomia da mulher na sociedade: a autoestima. O Dia Internacional da Mulher também é um dia para se enaltecer, valorizar e celebrar a força e a beleza das mulheres.

Todas as mulheres, sem exceção e sem distinção. Não importa idade, etnia, peso, altura, cor ou característica dos cabelos, rosto ou corpo. Toda mulher é linda e deve se sentir assim. As lingeries têm um papel fundamental nesse contexto. Luana Soares, social media da marca de moda íntima e sleepwear Click Sophia relata que muitas mulheres compram lingeries não somente para o uso comum do dia a dia, tampouco para momentos especiais a dois, mas também para se sentirem bonitas e elevar a autoestima. “Muitas delas selecionam minuciosamente peças especiais por dias para vestirem e se sentirem bonitas e até mesmo para realizar um ensaio fotográfico para si mesmas. Em datas comemorativas como Dia da Mulher ou Dia dos Namorados a procura aumenta, reforçando o desejo de empoderamento das mulheres para com os próprios corpos”.

Ao presentear com uma linda lingerie, é oferecido a elas a oportunidade de se sentirem mais bonitas, de olhar os próprios corpos com carinho, de se sentirem desejadas, sensuais, atraentes e mais interessantes.

Nos tempos atuais, uma lingerie já não é mais exclusividade apenas de quem tem um corpo magro. Roupas íntimas plus size permitem estimular a autoestima de mulheres com manequins maiores, reinventando e melhorando a saúde dos relacionamentos afetivos, sejam héteros ou homossexuais.

E a mulher presenteada não precisa ser uma crush, namorada, companheira ou esposa. Todas as mulheres podem muito bem presentear uma amiga, uma irmã, mãe, filha ou mesmo colegas de trabalho. Por que não fazer um jogo de amiga secreta, apenas com lingeries?

Muitas mulheres já têm implementado essa ideia, protagonizando um momento de união, diversão, companheirismo, apoio mútuo e compartilhamento de experiências do que é ser, se sentir e viver mulher.

O ato de presentear lingeries entre mulheres reforça a noção de sororidade, ou seja, a aliança entre mulheres para se proteger, incentivar, apoiar e estimular mutuamente, fortalecendo uma noção de feminilidade baseada em confiança, autoestima, independência e segurança de si mesmas.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE