fbpx
PUBLICIDADE

Creches vão atender apenas filhos de mães que trabalham

Foto: Governo de São Paulo
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

O secretário estadual de Educação, Rossieli Soares, informou nesta sexta-feira (24) que o retorno às aulas vai ter início pelo ensino infantil, mas não vai abranger todas as crianças. Em um primeiro momento, serão permitidas aulas apenas para as crianças cujas mães trabalham, nas cidades em que o comércio for liberado a partir de 11 de maio.

A medida faz parte do Plano São Paulo, elaborado pelo Governo do Estado, para a retomada das atividades durante a pandemia do novo coronavírus. As crianças, cujo as mães não trabalham, irão demorar mais para retomarem a participação nas escolas.

Em relação aos ensinos médio e fundamental, Soares explicou que as aulas presenciais serão retomadas a partir de julho, mas com revezamento dos estudantes. “Numa sala com 35 estudantes, não será possível manter todos juntos no mesmo dia. Uma parte vai em um dia, outra vai no dia seguinte. Haverá complementação dos estudos com aulas online”, afirmou.

As aulas televisivas, pela TV Univesp, vão ter início na próxima segunda-feira (27) para os alunos dos ensinos fundamental e médio. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM