fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Covid: internação de crianças e adolescentes em UTI sobe 61% em SP

Foto: Divulgação/Prefeitura de SP
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

92 crianças morreram em 2021, após infecção pelo coronavírus

A Secretaria de Estado da Saúde informa que as internações de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para crianças e adolescentes contaminados pelo coronavírus subiu 61% no Estado de São Paulo nos últimos dois meses.

Em novembro, os municípios paulistas tiveram 106 internações. Já em 10 de janeiro, o número era de 171. Além disso, 91 crianças morreram no Estado, após complicações da covid-19. Os números foram apresentados nesta quarta-feira (19), pelo secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, em coletiva de imprensa, no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista.

Amanhã (20), a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) deve aprovar o uso pediátrico da vacina Coronavac. Se isso ocorrer, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), garante que será possível imunizar todas as crianças paulistas de 5 a 11 anos em três semanas.

Em Guarulhos, são vacinadas crianças de 5 a 11 anos com doenças crônicas ou deficientes, além de crianças de 11 anos sem comorbidades.

Para receber a vacina em Guarulhos, além de apresentar documento original com foto, cartão SUS (se houver), CPF e comprovante de residência, também deve ser apresentada prescrição ou relatório médico (original e cópia) que comprove a comorbidade ou deficiência. No ato da imunização, a criança deve estar acompanhada pelos pais ou responsáveis ou apresentar o Termo de Assentimento assinado, o mesmo já exigido para que jovens entre 12 e 18 anos sejam vacinados. O Termo pode ser baixado no portal após a conclusão do agendamento.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM