PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Covid-19: mais de 4 mil pessoas deixaram de tomar a 2ª dose da vacina em Guarulhos

vacinação covid-19
Foto: Eurico Cruz
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Em menos de dois meses, número de pessoas que não retornaram para tomar a 2ª dose quadruplicou

Mais de 4 mil pessoas imunizadas contra a covid-19 em Guarulhos deixaram de tomar a 2ª dose da vacina, de acordo com dados repassados pela Secretaria Municipal de Saúde após questionamento feito pelo GRU Diário.


Em menos de dois meses, o número de pessoas que deixaram de comparecer para receber a segunda dose do imunizante mais que quadruplicou. No dia 14 de abril, a Secretaria informou ao GRU Diário que 983 pessoas não retornaram para completar a imunização.

Nova resposta obtida pela reportagem demonstra que desde o início da vacinação, em 20 de janeiro, até sábado (5), este número subiu para 4.058.

É importante ressaltar que no Brasil nenhum dos imunizantes utilizados até o momento é de aplicação única, ou seja, sem a segunda dose além de se expor a um risco maior de contaminação é como se a pessoa tivesse jogado uma vacina fora.

Em entrevista à CNN Brasil, especialistas apontaram que alguns dos motivos apontados para esta “taxa de abandono” são a escassez de vacinas, a confusão sobre o intervalo entre elas, o medo de reações adversas, a dificuldade de acesso às salas de vacinação e a confiança em informações falsas sobre os imunizantes. 

“Gente que teve reação após a primeira dose e desistiu de tomar a segunda ou simplesmente se esqueceu, além da falta de vacinas são algumas explicações”, afirma à CNN Brasil o diretor científico da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Renato Kfouri.

Até segunda-feira (7), em Guarulhos, foram aplicadas 368.088 doses de vacinas contra a covid-19. Destas, 249.420 são referentes à primeira aplicação e 118.668 à segunda.

No começo da imunização em Guarulhos houve um grande rebuliço em torno de uma possível exigência de comprovante de residência para evitar o que os especialistas chamam de turismo da vacina.

Embora a escassez seja apontada como uma das causas, em Guarulhos não houve falta de vacinas para uma segunda aplicação. A Prefeitura, por sinal, justificava a diferença entre as vacinas recebidas e as vacinas aplicadas exatamente pela reserva da segunda dose.

Entretanto, Guarulhos não aderiu ao dia D de vacinação, no último sábado, para aplicação de segunda dose da vacina contra a covid-19. A Prefeitura ainda não prevê ações para incentivar os faltosos a completar o esquema vacinal.

(Com informações de Mari Cavalcante)

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM