PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Com medo da 2ª onda da covid, Estado suspende novamente cirurgias eletivas

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Governo do Estado de São Paulo

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.

Hospitais também estão proibidos de desmontar UTIs

O risco de uma segunda onda da covid-19 no Brasil é cada vez mais provável. Prova disso é que o Governo do Estado de São Paulo determinou, nesta quinta-feira (19), a suspensão do agendamento de cirurgias eletivas, medida adotada em março para deixar vagos leitos para atender pacientes infectados pelo coronavírus.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn, os hospitais públicos, privados e filantrópicos estão proibidos de desmontar leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) covid-19. Há mais de 7 mil disponíveis neste momento.

A Europa e os Estados Unidos atravessam uma segunda onda da pandemia. Em São Paulo, alguns hospitais particulares estão com as UTIs lotadas. Para o coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus, José Medida, as pessoas devem evitar participar de festas e usar máscaras em período integral.

O governador João Doria (PSDB) insistiu que é preciso evitar aglomerações para conter a propagação da doença. “500 mortes por dia no Brasil. São três aviões lotados. Isso não é normal”, disse.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE