Com apoio dos governadores, Bolsonaro vai proibir reajuste para servidores

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Marcos Corrêa/PR

Restrição a aumentos até o final de 2021 é defendido como forma de evitar redução salarial neste ano

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), indicou que vai vetar projeto de lei que garante reajuste salarial para os servidores públicos até o próximo ano. Ele fez a afirmação em videoconferênia com os demais governadores e os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), nesta quinta-feira (21).

Bolsonaro explicou que a medida seria “menos amarga” do que impor uma redução salarial neste ano, por conta da crise financeira ocasionada pela pandemia do novo coronavírus. A posição ganhou apoio da maioria dos governadores, que deseja reduzir os custos com folha de pagamento neste momento.

Segundo Bolsonaro, o governo federal enviará ajuda de R$ 60 bilhões para estados e municípios enfrentarem a pandemia. Em coletiva hoje, o governador João Doria (PSDB) exaltou as medidas do Governo Federal e o clima de paz e cordialidade que imperou na reunião.

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Comentários...

Veja também...

- PUBLICIDADE -