fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Com 85% dos votos válidos, Silvio Alves tem mandato prorrogado na ACE-Guarulhos até 2025

Silvio Alves comemora prorrogação do mandato na ACE Guarulhos[
Foto: Wellington Alves
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Oposição promete recorrer na Justiça contra o resultado

Em assembleia realizada na manhã desta quinta-feira (30), o presidente da ACE-Guarulhos (Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos), Silvio Alves, teve seu mandato prorrogado até 2025. Ele teve 85% dos votos válidos no pleito, que estende seu mandato, com a justificativa que teve suas ações prejudicadas por conta da pandemia do coronavírus.

Dos 183 votantes, houve 155 votos favoráveis à prorrogação, 27 contrários e uma abstenção. Com cerca de 3 mil filiados, a eleição teve adesão de menos de 10% dos sócios.

Após a proclamação do resultado, Silvio cumprimentou apoiadores e exaltou a vitória.

“Foi uma votação legítima e democrática. Isso demonstra que o nosso associado é a favor da nossa continuidade. É uma honra continuar à frente da associação”, afirmou.

O sócio-proprietário do X Supermercados destacou que, desde que assumiu o comando da ACE-Guarulhos, o número de associados subiu de 1,6 mil para 3 mil.

“Vamos trabalhar em prol do empreendedorismo e do empresário da nossa cidade. Queremos aumentar o número de associados”, disse.

A oposição não se conformou com o resultado e espera anular o processo na Justiça. O ex-presidente da ACE-Guarulhos, Jorge Taiar, que é secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, é contrário à prorrogação do mandato. Ele entende que Silvio deveria cumprir o estatuto e ficar no máximo quatro anos à frente da entidade.

“Houve várias falhas no processo. As cédulas de votação não estava rubricadas e numeradas. Não terminou aqui. Vamos judicializar essa assembleia. O processo eleitoral deve começar em setembro e concluir em novembro. O mandato dele (Silvio) termina em dezembro”, opinou.

Com a prorrogação do mandato, Silvio Alves estará à frente da ACE-Guarulhos até 31 de dezembro de 2025. Cotado para disputar a Prefeitura em 2024, ele não precisa de licenciar do cargo para disputar a eleição municipal.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM