fbpx
PUBLICIDADE

Casos de violência contra a mulher caem 16% em Guarulhos

Foto: Marcos Santos/USP Imagem
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Homicídios, estupros e assédios cresceram na cidade

A Secretaria de Direitos Humanos de Guarulhos lançou nesta terça-feira (20) a 3ª edição do Relatório Analítico de Indicadores de Direitos Humanos, cujo tema é a Situação da Violência contra a Mulher no município. O documento revela que houve queda de 16% nos crimes contra as mulheres em 2020, em comparação com o ano anterior.

Em um ano atípico por causa da pandemia do coronavírus, ocorreram 6.430 crimes contra as mulheres no ano passado, número inferior aos 7.684 registrados em 2019.

Apesar da queda geral, houve aumento de alguns crimes no período, como homicídios, que subiram de 80 para 94, estupros, que cresceram de 336 para 352, e assédio sexual, que aumentaram de 30 para 44.

A maior queda nos índices ocorreu em lesão corporal, que diminuíram de 2.360 em 2019 para 1.868 no ano passado.

O relatório aponta ainda que o bairro de Cumbica é o mais letal para as mulheres. Lá foram contabilizados 17 assassinatos de mulheres, seguido de Bonsucesso, com nove, e Pimentas, com cinco.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM