fbpx
PUBLICIDADE

Capital avança e Guarulhos segue proibida de reabrir bares e restaurantes, diz Estado

Foto: Divulgação/Governo do Estado
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Aumento do número de óbitos foi principal entrave para região leste, a qual Alto Tietê faz parte

A cidade de Guarulhos continua na fase laranja do Plano São Paulo e não poderá reabrir bares e restaurantes na próxima semana, de acordo com o Governo do Estado. A informação foi dada em coletiva no Palácio dos Bandeirantes, nesta sexta-feira, 26.

O prefeito Bruno Covas (PSDB) porém, disse que não deve reabrir os comércios e restaurantes já neste momento e espera ter a confirmação dos dados que permitem o avanço da fase laranja para amarela na Capital durante a próxima semana.

A medida deve gerar indignação entre os demais prefeito do Alto Tietê, entre eles Guti (PSD), que cobram uma ação em bloco da Grande São Paulo, mas que continuam com mais limitações e acreditam que uma reabertura na Capital poderia levar o fluxo do movimento de suas cidades para São Paulo.

Os governantes municipais ainda acreditam que a reabertura na Capital prejudica o controle da contaminação por covid-19 em suas cidades.

De acordo com os dados apresentados pelo Estado, a região Leste da Grande São Paulo, a qual Guarulhos está englobada, tem número de leitos de UTI vagos suficientes para uma maior flexibilização, e mesmo o número de novos casos e internações não são tão preocupantes, mas pesou o número de óbitos, que tem aumentado.

Prefeitura e Estado divergem nos números. A gestão Doria aponta 648 mortes de guarulhenses, enquanto a gestão Guti aponta 538 óbitos pela covid-19. A gestão municipal aponta mais de 7 mil casos, a estadual menos de 6 mil.

Vale ressaltar que o prefeito Guti já antecipou a retomada na cidade mesmo antes do tempo permitido pelo Estado. A flexibilização em Guarulhos começou no dia 12, o Estado queria que tivesse começado no dia 15.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM