fbpx
PUBLICIDADE

Brasileiro suspeito de planejar ataque terrorista é preso no Aeroporto de Guarulhos 

Foto: Divulgação/PF
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Os agentes federais cumpriram mandados em São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (8) a Operação Trapiche que investiga possível recrutamento de brasileiros, suspeitos de integrar o grupo terrorista Hezbollah, para a prática de ataque terrorista no país. Um dos alvos, um brasileiro, foi preso no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em Cumbica. 

Os agentes federais cumpriram dois mandados de prisão temporária e 11 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Subseção Judiciária de Belo Horizonte nos estados de Minas Gerais, São Paulo e no Distrito Federal.

“Os recrutadores e os recrutados devem responder pelos crimes de constituir ou integrar organização terroristas e de realizar atos preparatórios de terrorismo, cujas penas máximas, se somadas, chegam a 15 anos e 6 meses de reclusão”, diz a PF.

Balanço da ação

  • MG: 7 mandados de busca e apreensão cumpridos
  • DF: 3 mandados de busca e apreensão cumpridos
  • SP: 1 mandado de busca e apreensão e 2 mandados de prisão temporária cumpridos

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM