PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

Bolsonaro visita comércios abertos em Brasília e defende isolamento vertical

Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro posa para fotos e conversa com turistas no Palácio da Alvorada Foto: José Cruz/Agência Brasil
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

*Com informações da Agência Brasil

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) continua a defender o isolamento horizontal, no qual apenas as pessoas do grupo de risco (idosos e pessoas com comorbidades) devem seguir o procedimento de quarentena como prevenção ao novo coronavírus.

Na manhã deste domingo, 29, Bolsonaro foi ao o Hospital das Forças Armadas (HFA), sem agenda oficial, e depois decidiu visitar comércios e conversar com ambulantes que ainda continuam a trabalhar.

“Temos problema do vírus? Temos. Devemos tomar cuidado com os mais velhos. Mas temos a questão do desemprego também. O emprego é essencial. Se o Brasil não rodar, muitos vão perder o seu emprego”, disse o presidente quando retornou da alvorada.

Para jornalistas, o presidente disse: “Eu estou com vontade, não sei se eu vou fazer, de baixar um decreto amanhã: toda e qualquer profissão legalmente existente ou aquela que é voltada para a informalidade, se for necessária para levar o sustento para os seus filhos, para levar leite para seus filhos, para levar arroz e feijão para casa, vai poder trabalhar”.

Mesmo com a campanha contra o isolamento total, feita por Bolsonaro, a recomendação do Ministério da Saúde é que as pessoas continuem em quarentena e evitem aglomerações.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE