fbpx
PUBLICIDADE

Auxílio emergencial municipal em São Paulo deve começar na próxima semana

Fila para entrada em agência da Caixa, em Brasília.
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Câmara Municipal liberou R$ 500 milhões para viabilizar benefício que será pago por pessoa

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou que deve começar a pagar na próxima semana o auxílio emergencial municipal, que prevê três parcelas de R$ 100.

Durante coletiva, o prefeito paulistano afirmou que aguarda a assinatura do contrato com a Caixa, que deve acontecer ainda nesta quinta-feira (18).

De acordo com a Câmara Municipal de São Paulo, que aprovou o valor de R$ 500 milhões para pagamento do benefício, receberão a quantia pessoas cadastradas até 30 de setembro de 2020 no Programa Bolsa Família, do governo federal, que morem na Capital.

A medida também propõe o benefício aos trabalhadores ambulantes inscritos no programa “Tô Legal” e com o TPU (Termo de Permissão de Uso) regularizado.

O valor do benefício será pago por integrante de um grupo familiar. De acordo com a liderança do governo na Câmara, a média de cada família inscrita no Programa Bolsa Família na capital paulista é de três pessoas, ou seja, o auxílio será de aproximadamente R$ 300 por mês.

A previsão é de que mais de 1 milhão de pessoas serão beneficiadas nos meses de março a maio.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM