Assistência Social encaminha 10 moradores de rua por dia, em média, para abrigos

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Fabio Nunes Teixeira/PMG

Levantamento da Prefeitura de Guarulhos leva em consideração as ações em junho e julho

A Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social reforçou algumas ações para as pessoas em situação de rua a fim de evitar a disseminação da Covid-19. Além da distribuição diária de máscaras de tecido e de sabonetes para o segmento, o Serviço de Abordagem Social (Seas), desde 1º de julho, passou a funcionar 24 horas por dia, sete dias por semana. Também foram criadas mais 40 vagas de acolhimento masculino, oriundas de recursos federais.

O atendimento às pessoas em situação de rua é feito pelo Seas, que passa duas vezes por dia pelos locais em que há maior concentração de pessoas, como praças e viadutos, ofertando acolhimento em um dos quatro serviços do município. Em junho, o serviço fez 327 encaminhamentos de pessoas nessas condições aos equipamentos de acolhimento e, nesta primeira semana de julho, mais 44. Ou seja, uma média de dez por dia.

O Seas deve ser acionado pelos munícipes nas noites de temperatura igual ou menor de 13ºC pelos telefones 2536-4110 e 199 (Defesa Civil) para que a equipe vá até o local assistir a pessoa em situação de rua e, consequentemente, de risco.

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Veja também...

- PUBLICIDADE -