fbpx
PUBLICIDADE

Após pedido de vista, implementação do People Mover será definida em fevereiro

people mover
Foto: Divulgação
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Mesmo com o voto favorável do relator Vital do Rêgo, aprovado pelo demais ministros, o pedido de Augusto Nardes invalidou a votação

O projeto de implementação do People Mover foi interrompido mais uma vez, na quarta-feira (15), após pedido de vista do ministro Augusto Nardes, do TCU (Tribunal de Contas da União). 

Mesmo com o voto favorável do relator e ministro Vital do Rêgo, aprovado pelo demais ministros, o pedido invalidou a votação. Uma nova apreciação será realizada em fevereiro, afirma o ex-secretário de Transportes Metropolitanos de São Paulo, Alexandre Baldy, que tem acompanhado todo o processo desde a sua gestão no governo Doria. 

Ontem, o Ministério da Infraestrutura havia anunciado que o TCU (Tribunal de Contas da União) deu aval para a continuidade do People Mover que ligará os terminais do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em Cumbica, com a estação de trem da Linha 13-Jade, da CPTM.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM