fbpx
PUBLICIDADE

Anatel libera implantação do 5G em Guarulhos

Foto: Divulgação/Anatel
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

A decisão de antecipação da liberação da faixa foi tomada nesta quarta-feira (14) e vale para 15 municípios

A partir de quinta-feira (15), as operadoras poderão solicitar à Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) o licenciamento de estações do 5G em Guarulhos e mais 14 municípios, em todas as regiões do país.

O uso da faixa estará permitido a partir de 1º de janeiro. As operadoras têm até 2025 para ligar as antenas nos municípios com mais de 500 mil habitantes. Já nos municípios de até 500 mil, em julho de 2026; e nos de até 200 mil, o prazo é julho de 2027

Segundo a Anatel, a decisão de antecipação da liberação da faixa foi tomada nesta quarta-feira (14), pelo Gaispi (Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz).

Confira todas as cidades

Dos 15 municípios, seis possuem população de mais de 500 mil habitantes, que teriam a faixa liberada já em 1º de janeiro.

  • Ananindeua/PA
  • Aparecida de Goiânia/GO
  • Caxias do Sul/RS
  • Jaboatão dos Guararapes/PE
  • Joinville/SC
  • Londrina/PR

Os nove restantes são municípios menores, mas que fazem parte de regiões metropolitanas de capitais, ou são próximos aos municípios maiores.

  • Diadema/SP
  • Mesquita/RJ
  • Nilópolis/RJ
  • Olinda/PE
  • Paulista/PE
  • São Caetano do Sul/SP
  • São Francisco do Sul/SC
  • São João de Meriti/RJ
  • São José/SC

“Importante ressaltar que a liberação da faixa não significa que redes do 5G serão instaladas de imediato nas localidades. Para todas elas, os compromissos de abrangência previstos no Edital começam a vencer em 2025. Assim, a instalação antecipada de estações do 5G nessas cidades depende do planejamento individual de cada prestadora”, diz nota da Anatel.

Para as demais 20 cidades com mais de 500 mil habitantes, o uso da faixa estará permitido a partir de 1º de janeiro, conforme previsão editalícia, não sendo necessária nova deliberação por parte do Gaispi.

  • Belford Roxo/RJ
  • Campinas/SP
  • Campos dos Goytacazes/RJ
  • Contagem/MG
  • Duque de Caxias/RJ
  • Feira de Santana/BA
  • Guarulhos/SP
  • Juiz de Fora/MG
  • Niterói/RJ
  • Nova Iguaçu/RJ
  • Osasco/SP
  • Ribeirão Preto/SP
  • Santo André/SP
  • São Bernardo do Campo/SP
  • São Gonçalo/RJ
  • São José dos Campos/SP
  • Serra/ES
  • Sorocaba/SP
  • Uberlândia/MG
  • Vila Velha/ES

Espera-se que nas próximas reuniões ordinárias do Gaispi mais cidades possam ter antecipada a liberação para o uso da faixa de 3,5 GHz, conforme avance os trabalhos da EAF, finaliza a Agência.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM