fbpx
PUBLICIDADE

Alencar inclui motoristas de ônibus em projeto de lei de prioridade de vacinação

Alencar Santana
Foto: Reprodução/Facebook
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Emenda foi acatada pela relatora do projeto de lei que trata de grupos prioritários e aprovada pela Câmara

Uma emenda do deputado federal Alencar Santana (PT-SP) incluiu motoristas e cobradores de ônibus urbanos ao projeto de lei 1011/2020, que trata sobre as categorias a serem priorizadas na vacinação contra a covid-19.

A emenda foi acatada pela relatora da proposta, a deputada Celina Leão (PP-DF), e aprovada pela Câmara dos Deputados na última quarta-feira (31).

Ao GRU Diário, Alencar afirmou que a vacina deve ser para todos, mas que diante da falta de imunizantes é preciso avaliar profissões que mesmo com medidas mais restritivas em Estados e municípios continuam a ter contato com muitas pessoas e correm maior risco de contaminação.

“Nós entendemos que o ideal era que não tivesse nenhum tipo de priorização. Todo mundo tem direito de se vacinar e o governo tem a obrigação de garantir as vacinas, mas diante da omissão e da incompetência deste governo não há vacina para todo mundo. Esperamos que tenha em breve”, afirmou o deputado.

De acordo com Alencar, também foi acatado o pedido dele para a inclusão de taxistas. Ele solicitou também a adesão de motoristas de aplicativo, carteiros e feirantes, mas estas categorias não foram inclusas, assim como as domésticas, solicitação feita pela bancada do PT.

O projeto agora será encaminhado para o Senado e, se for aprovado, segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido).

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM