fbpx
PUBLICIDADE

Alencar comemora aniversário com apoio à reeleição e confiança em Lula e Haddad

Alencar Aniversário
Foto: Eurico Cruz
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Petistas se mostraram animados com eleições deste ano, mas afirmaram que disputa com Bolsonaro será voto a voto

Em meio a aliados, apoiadores e parte da militância de membros do PT de São Paulo, o deputado federal Alencar Santana (PT) comemorou 46 anos em um evento realizado no Vella Sports, na tarde deste domingo (20), marcado pelo apoio à reeleição dele à Câmara dos Deputados e as eleições de Lula para presidente e Fernando Haddad para o Governo do Estado de São Paulo nas eleições deste ano.

Segundo Alencar, a comemoração de seu aniversário foi um momento feliz porque permitiu a reunião de diversos membros do partido após a pandemia da covid-19 e disse esperar que seus presentes para este ano aconteçam nas eleições do dia 2 de outubro.

“Sem dúvida alguma, primeiro a vitória do presidente Lula, que o Brasil precisa de um governo humano, de um governo digno que respeite o seu povo, e aqui no Estado estamos com Haddad, está na hora de mudar, de colocar um governador que vai priorizar muito mais a educação. E claro, eu também espero ser presenteado com a minha reeleição para poder apoiar o governo do Lula”, afirmou Alencar.

Segundo Alencar, a eleição de Lula também será uma vitória para Guarulhos, já que à época em que Lula foi presidente, a cidade avançou significativamente.

Alencar comemora aniversário com apoio à reeleição e confiança em Lula e Haddad
Foto: Eurico Cruz

“Se a gente relembrar, com o presidente Lula nós ganhamos a Universidade Federal do Pimentas, o Instituto Federal, na Vila Rio, o Hospital Pimentas, a UPA São João e investimentos para as próximas UPAs, Minha Casa, Minha Vida. A recuperação do Teatro Padre Bento e tantas outras obras, além do Bolsa Família. Acho que essas realizações do presidente Lula são muito esperadas aqui em Guarulhos, mas também em todo o Brasil”, ressaltou Alencar.

Apesar da confiança na eleição de Lula e Haddad, o que marcaria o retorno do PT ao governo federal e uma vitória inédita no Estado de São Paulo, tanto Alencar quanto outros apoiadores afirmaram que essa será uma eleição “disputada voto a voto”.

“Estamos em um momento de muita resistência política. Estamos há seis anos sofrendo, batalhando muito, todos nós. Muitos aqui foram para as ruas, sendo xingado em 2015, 2016, 2018 e a gente não tirou o pé […]. Mas nós vamos lutar muito mais. Nós estamos liderando [as pesquisas], mas o jogo não está ganho. Vai ser uma campanha polarizada, uma campanha difícil. Mas saber por que será uma campanha polarizada? Porque de um lado está o ódio e de outro o amor. Eles são opostos, não se misturam, eles não andam juntos. De um lado é a esperança, do outro é o retrocesso. Vocês já imaginaram o atual governo reeleito? Nós não podemos permitir”, afirmou Alencar em um discurso aberto aos convidados.

Embora o evento contasse com a presença de diversos político, a condução das falas, realizada pelo experiente comunicador e militante Adalberto Gregui, evitou que o evento se tornasse cansativo.

Presente no evento, o ex-prefeito Elói Pietá ressaltou a importância da eleição deste ano com uma frente ampla e não poupou críticas ao atual governo do presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Nós temos hoje dois imensos desafios. O primeiro é ganhar a eleição com Lula presidente e Haddad governador. E o segundo desafio é conseguir tomar posse o Lula presidente da República e governar este país, e por isso o Lula tem insistido, com toda razão, da gente eleger uma grande bancada de deputados federais e senadores e, evidentemente, das deputadas e deputados estaduais […] Nós não estamos numa eleição normal, a tentativa de golpe de 7 de setembro continua viva nestes facistas que estão no poder”, disse Pietá.

Atual vice-presidente da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Vagner Freitas ressaltou seu apoio a Alencar e da importância da militância petistas nestas eleições.

“O Brasil não anda sem parlamentares eleitos para defender os interesses dos trabalhadores. Eu sou testemunha: você pode ter algum deputado que defendeu tanto os trabalhadores em Brasília, mas nenhum que defendeu mais que o Alencar. Não tem ‘já ganhou nas eleições deste ano’, tem muita gente achando que já está ganho, a eleição contra o Bolsonaro é voto a voto. Eles não têm o que nós temos, a militância”, disse Freitas.

Também estiveram presentes no evento a vereadora é pré-candidata a deputada estadual Janete Pietá (PT), a deputa estadual Márcia Lia (PT), o prefeito de Mauá Marcelo Oliveira (PT) e os vereadores Rômulo Ornellas (PT), Edmilson Souza (Psol) e Laércio Sandes (DEM).

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM