fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Alckmin fala sobre aliança com Lula e compromisso com o agronegócio

Foto: Divulgação
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Ex-governador de SP e vice do ex-presidente Lula defende ampliação do crédito e acordos internacionais

O ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSB) participou, na manhã desta quinta-feira (8), de uma entrevista à rádio Lagoa Dourada, do Paraná. O vice de Lula (PT) afirma que defende a aliança com o ex-presidente para fazer reformas e gerar emprego, renda, e melhorar a educação e a saúde.

Alckmin citou momentos em que esteve ao lado de Lula, como quando fizeram parte da Constituinte, do apoio do PT a Mário Covas na eleição para governador de SP, em 1989, e apoio do PSDB a Lula, no mesmo ano, quando disputou à presidência. 

“Sempre que nós fazemos uma conciliação em torno de projeto e de propostas, o país pode andar melhor: consolidar o processo democrático, fazer as reformas que o Brasil precisa, fazer a economia andar mais depressa, gerar emprego e renda, melhorar a educação e a saúde, que nós estamos vivendo um negacionismo no país, disse.

Alckimin falou sobre a importância do agronegócio para o Brasil e que o setor é uma das prioridades para 2023.

“Nós temos um compromisso com o Agro. Crédito rural, que hoje está muito caro”, disse o ex-governador.

O ex-governador afirmou que defende a ampliação de acordos internacionais, e citou como exemplo a questão dos fertilizantes.

“Hoje estamos dependendo de pouquíssimas empresas, na Rússia e no Canadá. Então, acredito que precisamos investir na indústria para a agricultura. Eu sou um defensor do agro, que gera emprego no campo e na cidade”, disse durante a entrevista.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM